CORUPÁ

Rota das Cachoeiras:

Corupá é um destino de beleza surpreendente para os apreciadores do ecoturismo! Aos pés da Serra do Mar, em um vale rodeado de quedas d’água e de Mata Atlântica.

Fundado em 1897 por colonizadores alemães, italianos e poloneses, chamou-se inicialmente Hansa Humboldt em homenagem ao alemão Alexandre Von Humboldt. Em 1944 passou a chamar-se Corupá e seu nome em língua indígena significa “lugar de muitas pedras”.

A economia local baseia-se na agricultura, em especial a bananicultura, que lhe dá o título de Capital Catarinense da Banana. O artesanato em fibra de bananeira e os produtos a base de banana são uma marca da cidade. Corupá também passou a ser conhecida pelo cultivo em grande escala de plantas ornamentais, orquídeas e bromélias. Hoje as plantas abastecem os mercados nacional e internacional. Na indústria, destacam-se a têxtil e metalmecânica.

A localização geográfica no início da subida do Planalto Norte, entre dois pólos regionais – Jaraguá do Sul e São Bento do Sul – faz do município uma escala imperdível para quem percorre o Caminho dos Príncipes!

Acampamos em um Camping localizado a menos de um quilometro da Rota das Cachoeiras no qual fomos muito bem atendidos. Estacionamos o trailer de frente para próximo ao restaurante do Camping, nos fundos há espaço para barracas e um rio enorme (mas raso), no qual dá para refrescar-se no verão pois a região é bem quente nessa época.

Ficamos apenas dois dias pois o intuito era apenas fazer a Rota das Cachoeiras e seguir viagem. A trilha da Rota das Cachoeiras tem 3 quilômetros de extensão esta sempre muito bem conservada e limpa, toda sinalizada. Na ida é um pouco mais cansativo pois é praticamente só subida, a volta é rápida e tranquila.

Ouvir o som das águas despencando entre os paredões de pedra é estonteante e energiza e purifica  até a alma mais obscura  que por lá passar, a sensação de paz é estonteante e maravilhosa. Ao longo da Rota são 14 cachoeiras e a última é a mais bonita de todas, com pouco mais de 120 metros de altura, cai em dois filetes distintos, uma com um volume maior de água e a outra um pouco mais “fina” na qual forma um lago tranquilo e de água cristalina em que o banho é bem convidativo, aliás, banho é permitido apenas nesse ponto e em mais um ao longo da trilha por medidas de segurança, pois a força da água é muito significativa.

Vou deixar abaixo o link do camping no qual “ancoramos nossa nave”:

Nas proximidades da Rota das Cachoeiras, às margens do Rio Novo, possui infra-estrutura de camping, banheiros com ducha, cancha de bocha, mesa de sinuca, serviços de bar e cozinha, área de festas.

Oferece almoço aos domingos. Eventos ou grupos, mediante agendamento.

O local é Ponto de Carimbo do Cicloturismo Circuito das Araucárias. E também é último Ponto de Venda de ingressos para a Rota das Cachoeiras, que fica a menos de 1km.

***Seja um anunciante no nosso blog, ligue 41-99973-6878  com Pedro ou Noemi, ou envie uma mensagem pelo whatsapp. ***

Acesse o link abaixo e saiba como nosso trabalho pode ajudar a tua empresa a faturar mais:     https://amorsobrerodas.blog.br/patrocinadores/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Dicas de Viagem com Trailer

%d blogueiros gostam disto: